MPPE inspeciona área de saúde que serve à população de dezoito Municípios

A população da região do Sertão Central de Pernambuco está se sentindo prejudicada com o não atendimento e o serviço precário do Hospital Geral Professor Agamenon Magalhães e do São Vicente, especializados no tratamento de doentes mentais – localizados no município de Serra Talhada. Os promotores de Justiça que atuam no município, Francisco Hortêncio de Carvalho e Itapuã de Vasconcelos, estão investigando as denúncias e verificando se os hospitais estão em desacordo com a legislação do SUS – Sistema Único de Saúde – que garante a prestação de serviços gratuitos e de boa qualidade à população de baixa renda. 

Uma das denúncias feitas por parentes das vítimas acusa a equipe médica e de enfermagem do hospital psiquiátrico São Vicente de ter causado a morte de duas idosas, por atendimento inadequado. Nos próximos dias, o Ministério Público irá inspecionar como está o atendimento à população sertaneja através dos programas Saúde da Família e os dos postos de atendimento comunitário. “Sabemos que a carência de médicos e técnicos de enfermagem no agreste pernambucano é grande”, assegura o promotor Hortêncio de Carvalho, “mas a população precisa ser assistida e não tem condições de pagar para ser atendida através da rede particular, que dispõe de clínicas especializadas e hospitais credenciados e conveniados com planos de saúde”, reforça.

O volume de queixas e reclamações levou a psicóloga sanitarista Esther Correia, e o médico psiquiatra Marcantônio Souza Leão, àqueles municípios onde a ocorrência das queixas são mais constantes. Os profissionais vão verificar de perto, acompanhados dos promotores, os problemas que a população diz enfrentar todos os dias.

Para discutir o problema, a promotoria de Justiça de Serra Talhada realiza hoje à tarde (31) uma audiência pública na Câmara Municipal de Serra Talhada. O encontro também vai reunir prefeitos, secretários municipais de saúde, representantes da secretaria estadual de saúde, diretores de hospitais, de maternidades e postos de saúde dos 18 municípios que compõem a 14ª Circunscrição. São eles: Araripina, Bodocó, Cedro, Exú, Granito Ipubí, Jatobá, Mirandiba, Moreilândia, Ouricuri, Parnamirim, Salgueiro, São José do Belmonte, Serra Talhada, Serrita, Terra Nova, Trindade e Verdejante. Um dos principais objetivos da audiência é ouvir e relatar todas as reclamações e denúncias da população dos referidos municípios sobre a necessidade de melhorias na área de saúde pública, para tomar as providências através das diversas promotorias do Ministério Público que fiscaliza e exige o cumprimento da lei e a preservação dos direitos da população.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta