Promotoria de Cabrobó investiga utilização de veículos públicos para fins particulares

O Ministério Público de Pernambuco instaurou, no último dia 21, um procedimento de investigação preliminar no município de Cabrobó, devido à utilização ilegal de veículos de uso exclusivo da Secretaria Municipal de Educação. Cerca de dez pessoas foram transportadas do município à Comarca de Monteiro, na Paraíba, no dia 8 de julho de 2003. O grupo era formado por parentes e testemunhas de defesa de Nilton César Buim, preso em maio deste ano, enquanto carregava 27 Kg de maconha junto com outros companheiros na Paraíba.

Os familiares do réu conseguiram o transporte com o consentimento do prefeito de Cabrobó, José Dílson de Menezes, para poder testemunhar em defesa do preso. “Os veículos da administração pública não podem ser utilizados com fins particulares. Por isso, não poderiam ter sido cedidos para este fim”, denuncia Epaminondas Tavares, promotor de Justiça que instaurou o procedimento de investigação.

A Promotoria de Justiça já ouviu todas as pessoas transportadas ilegalmente e o prefeito de Cabrobó. As apurações devem estar sendo concluídas dentro de uma semana, afirma Epaminondas Tavares e, caso sejam confirmadas as denúncias de improbidade administrativa, prevaricação, e prováveis crimes de peculato “todos os envolvidos serão devidamente punidos dentro do rigor da lei”, conclui.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta