Beto Carrero assina novo termo com Ministério Público

Novo termo de ajustamento de conduta foi firmado, no último dia 3 de setembro, com a empresa M. Castilho Propaganda e Merchandising, nome fantasia do Circo Beto Carrero, desta vez para impedir o uso de animais selvagens nas apresentações realizadas em Recife.

Para solucionar o mesmo problema, no dia 3 de agosto, um termo similar foi assinado na cidade de Olinda, onde o circo estava funcionando. 

A Promotora de Justiça Bettina Estanislau Guedes propôs o termo baseada na legislação do Estado de Pernambuco que proíbe a utilização de animais ferozes, selvagens e exóticos, domesticados ou não, de grande, médio ou pequeno porte, em espetáculos públicos de qualquer natureza, especialmente os circenses e os teatrais. 

O proprietário do circo, Sérgio Robattini Júnior, se comprometeu a manter animais como elefantes, lhamas e os camelos fora das apresentações públicas, protegidos da visitação e as cercas de suas jaulas a uma distância de 5 metros de distância do público.

Os animais devem ser tratados adequadamente, em recintos condizentes com o seu porte.
“O circo vem cumprindo as cláusulas corretamente desde a assinatura do termo”, disse a Promotora Bettina Guedes.

Segundo ela, desde que chegou de Olinda, o circo se manteve cumprindo as obrigações do termo assinado naquele município e o novo acordo foi firmado adicionando uma nova cláusula às obrigações, a de manter os animais fora da visitação do público.

O Ibama também participou da assinatura e se comprometeu a realizar vistoria no circo uma vez por semana, durante o tempo em que ele permanecer em Recife.

No final das apresentações, o Ibama irá apresentar um relatório final sobre as inspeções.

Caso o Circo Beto Carrero não venha a cumprir as obrigações contidas no termo, será multado diariamente com uma taxa R$ 1 mil, que será revertida para o Fundo Municipal de Meio Ambiente.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta