Novos promotores do MPPE concluem curso de formação

27/08/10

Os novos promotores de Justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) concluem hoje o Curso de Preparação de Ingresso na Carreira do Ministério Público, promovido pela Escola Superior do MPPE. A jornada teve início no dia 3 de agosto e contou com 160 horas de aulas, seminários temáticos, visitas e atividades práticas diversas – conferindo aos novos membros da instituição a capacitação necessária para o desenvolvimento de sua missão como promotores de Justiça. “O curso serviu para o despertar em atender a sociedade com vocação e dedicação, em um trabalho incessante da busca da justiça e da efetivação dos direitos coletivos e sociais, com abordagens práticas dos temas essenciais à atuação dos novos membros, ministrando-lhes uma visão dos desafios futuros e das atribuições constitucionais que lhes são delegadas”, explicou a diretora da ESMP, procuradora de Justiça Zulene Norberto.

O conteúdo programático, especialmente desenvolvido para o curso, foi distribuído em módulos distintos nas áreas institucional, cível, criminal, processual e de defesa de cidadania. Foram abordados temas como Princípios Institucionais, Estrutura Orgânica e Deontologia da Atuação do Ministério Público; Redação Oficial; Rotinas e Práticas Administrativas e Funcionais; Relacionamentos Interinstitucionais e Interpessoais; Relacionamento com a Mídia; Planejamento Estratégico do Ministério Público; Políticas Públicas e Técnicas de Atuação; além de visitas técnicas à Procuradoria Geral de Justiça, Corregedoria, Conselho Superior, Ouvidoria, Secretaria Geral, Núcleo da Diversidade do Recife, Núcleo da Mulher, Juizado da Infância, Promotorias de Justiça da Capital e de Jaboatão dos Guararapes, e Reunião do programa ‘Pacto Pela Vida’. “O projeto foi elaborado a partir das sugestões trazidas pelos membros e servidores, de acordo com as suas áreas de atuação e levando em consideração as realidades por eles vivenciadas”, conta Zulene Norberto.

A participação dos membros e servidores da Instituição foi fundamental para a realização do curso. “Diante das colaborações recebidas, temos que expressar a todos a nossa imensa satisfação e o nosso sincero agradecimento, ao mesmo tempo em que declinamos que elas foram trazidas e acolhidas no intuito comum e de prestarmos uma melhor recepção aos novos membros da nossa Instituição”, ressalta a diretora da ESMP.

Os novos promotores aprovaram a iniciativa. “O curso de formação foi essencial para que estivéssemos aptos a assumir as diversas atribuições e responsabilidades atreladas à nossa função, tanto sob o aspecto da formação técnica quanto na perspectiva humana e social”, destaca Aline Arroxelas Galvão de Lima, 1ª promotora substituta de Limoeiro. “O curso promovido pela ESMP foi de muita importância para nós que estamos ingressando no MPPE. Contar com promotores e procuradores de Justiça experientes, além das atividades práticas, certamente nos proporcionou uma experiência que iremos levar durante toda a nossa vida profissional”, afirma a promotora de Flores, Rafaela Melo de Carvalho Vaz.

Novos Promotores – Os novos membros do MPPE foram nomeados em julho, logo após a homologação do concurso para ingresso na carreira. Foram empossados no dia 2 de agosto, iniciando o curso de formação no dia seguinte. Com a conclusão deste, hoje, ficam aptos a iniciar o exercício em suas Promotorias a partir de 1º de setembro. São eles: Aline Arroxelas Galvão de Lima (1ª promotora de Justiça Substituta de Limoeiro, designação inicial Verdejante), Bianca Stella Azevedo Barroso (Jupi, inicial Buíque), Cintia Micaella Granja (4ª substituta de Petrolina, inicial Orocó), Danielly da Silva Lopes (Calçado, Ipubi), Eduardo Leal dos Santos (Palmares, Moreilândia), Elisa Cadore Foletto (Lagoa do Ouro, Terra Nova), Ericka Garmes Pires (1ª substituta Nazaré da Mata, Jupi), Fabiana Virginio Patriota Tavares (Itapissuma, Cupira), Fabiano de Melo Pessoa (Saloá, Flores), Mariana Cândido Silva (3ª substituta de Garanhuns, Bodocó), Mirela Maria Iglesias Melo Azêdo (Cupira, Tacaratu), Oscar Ricardo de Andrade Nóbrega (Buíque, Inajá), Rafaela Melo de Carvalho Vaz (Flores, Belém de São Francisco), Sophia Wolfovitch Spinola (Orobó, Petrolândia) e Vanessa Cavalcanti de Araújo (Quipapá, 1º Promotoria de Flores).


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta