MPPE e SDS realizam operação CAFUA

27/04/12

Na manhã desta sexta-feira (27-04), o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Diretoria Geral de Operações de Polícia Judiciária (DGOPJ/PCPE), da Secretaria de Defesa Social (SDS), deflagraram a operação CAFUA. Estão sendo cumpridos 13 mandados de busca e apreensão em Abreu e Lima, Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Paulista e Araçoiaba. São investigados agentes da Fundação de Atendimento Socioeducativo (Funase) suspeitos da prática de tortura no interior do Centro de Atendimento socioeducativo (Case) de Abreu e Lima.

Estão envolvidos na operação 18 Promotores de Justiça, inclusive integrantes do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco), e 240 policiais civis e militares.

O crime de tortura é imprescritível e insusceptível de fiança, graça, indulto ou anistia, punido com reclusão de 2 a 8 anos, aumentada de um terço quando praticada por agente público ou quando a vítima for criança ou adolescente.

A relação com o nome de todos os suspeitos não foi divulgada para não atrapalhar as investigações. Um balanço da operação será informado no final do dia.

O nome da operação relaciona o desrespeito aos direitos humanos na unidade destinada ao cumprimento de medida socioeducativa de internação (local dos crimes) a um dos significados da palavra CAFUA – recinto que, nos colégios, servia de prisão aos alunos, no tempo em que a violência era usada como método pedagógico.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta