GRUPO DE MÃES

A Promotoria de Justiça da Capital, através da Promotora  Andréa Padilha, recomendou aos diretores do Grupo de Mães do Visgueiro, no Recife, que não realizem reuniões comunitárias, eventos ou solicitação e distribuição de materiais usando o nome da entidade, enquanto não for concluído o seu processo de dissolução. O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) ingressou com ação judicial de dissolução e liquidação cumulada com cancelamento de registro do Grupo de Mães do Visgueiro, porque a sua presidente, Terezinha Belarmina Barbosa, revelou, em depoimento, que aquela instituição tinha a intenção de “ajudar” alguns candidatos na campanha eleitoral deste ano. Como se sabe, a atuação de entidades no benefício de partidos políticos constitui crime de acordo com o art.377 c/c art.346 do Código Eleitoral.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta