Banco do Brasil de Petrolina deve se adequar contra incêndio e pânico

11/12/13

O gerente geral do Banco do Brasil em Petrolina, Elondir José Biazibetti firmou Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para adequar a agência ao que determina o Código de Segurança contra Incêndio e Pânico do Estado de Pernambuco. O TAC é de autoria da promotora de Justiça Ana Claudia Sena de Carvalho e foi publicado no Diário Oficial desta quarta-feira (11).

Vistorias realizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco nas agências bancárias do município para verificar os Sistemas de Proteção contra Incêndio e Pânico encontraram várias irregularidades. O Banco do Brasil em Petrolina deve atender às demandas contidas no Código de Segurança, necessárias para a emissão do atestado de regularidade emitido pelo Corpo de Bombeiros.

Em 15 dias devem ser instadas na agência bombas de hidrantes e mangueiras, além de troca dos extintores e luminárias. Em 30 dias deve ser adequada à saída de emergência do subsolo e em 60 dias devem ser colocados sprinklers e detectores.

Caso as medidas previstas não sejam cumpridas, importará no pagamento de multa diária de R$ 5 mil, sem excluir a possibilidade de propositura de Ação Civil Pública, caso haja efetiva lesão aos interesses difusos e coletivos.


Warning: count(): Parameter must be an array or an object that implements Countable in /app/wp-includes/class-wp-comment-query.php on line 399

Deixe uma resposta